Probióticos podem influenciar estado de humor


COMO OS PROBIÓTICOS PODEM AJUDAR NA SUA SAÚDE MENTAL



Você sabia que os probióticos também podem influenciar positivamente
o seu estado de humor e a sua saúde mental?
Isso mesmo. Esses micro-organismos vivos trazem vários benefícios à saúde, quando ingeridos regularmente e em quantidades adequadas. E o impacto no humor e na saúde mental pode ser um dos efeitos positivos do consumo de probióticos, que também podem favorecer a digestão, fortalecer o sistema imunológico e, ainda, ajudar no metabolismo de gorduras e na síntese de vitaminas.

É comum a relação entre humor,  saúde mental e digestiva, mesmo que de forma
intuitiva. Quem nunca quis comer um chocolate para se sentir mais feliz? Bem, isso só seria possível graças à conexão entre o cérebro e o sistema digestivo! Pesquisadores alertaram ainda que essa  relação pode ser ainda mais profunda do que imaginávamos -- e que os probióticos podem ser os grandes protagonistas desse cenário.

Em uma revisão que incluiu ensaios clínicos randomizados em humanos, com cepas de Bifidobacterium e Lactobacillus, observou a melhora de alguns comportamentos como ansiedade, depressão, transtorno obsessivo-compulsivo e habilidades de memória, incluindo memória espacial e não espacial.

Outra revisão mais recente, encontrou resultados positivos em todos sintomas depressivos medidos com o consumo de probióticos e, apesar dos pesquisadores não saberem ao certo os mecanismos por trás desse processo, os probióticos foram capazes de aumentar a disponibilidade da serotonina no organismo.

A serotonina é um neurotransmissor que ajuda a regular o sono e o apetite, mediar o humor e inibir a dor. Como cerca de 90% da serotonina é produzida no sistema digestivo e este é revestido com cem milhões de células nervosas ou neurônios, faz sentido que o funcionamento do sistema digestivo não ajude apenas a digerir os alimentos e absorver os
nutrientes, mas que também esteja relacionado com as emoções.

Outros estudos estão sendo realizados para que os pesquisadores cheguem cada vez mais perto do enigma que envolve a relação entre o cérebro e o sistema digestivo. A ideia é que, no futuro, a microbiota possa se tornar um sistema de alerta precoce para certas
doenças ou até mesmo uma ferramenta de diagnóstico. Por enquanto, tudo o que
podemos fazer é refletir sobre a influência que os probióticos podem exercer
sobre nossa saúde mental e cuidar com carinho da nossa alimentação. Os
probióticos, por exemplo, são sempre bem-vindos!

Fontes:

MacQueen G, Surette M, Moayyedi P. The gut microbiota and psychiatric
illness. J Psychiatry
Neurosci, 2017; 42(2): 75–77. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5373703/



Rogers GB, Keating DJ, Young RL, Wong ML, Licinio J, Wesselingh S. From
gut dysbiosis to altered brain function and mental illness: mechanisms and
pathways. Mol Psychiatry, 2016; 21(6):738-48 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27090305



Wallace CJK, Milev R. The effects of probiotics on depressive symptoms
in humans: a systematic review. Ann Gen Psychiatry, 2017; 16:14 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5319175/



Wang H, Lee IS, Braun C, Enck P. Effect of Probiotics on Central Nervous
System Functions in Animals and Humans: A Systematic Review. J Neurogastroenterol Motil, 2016; 22(4):589-605 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27413138










  • URL foi copiada para a área de transferência

2020 Danone Ltda. Todos os direitos reservados.

PT