Tudo sobre a tal da fermentação

Tudo sobre a tal da fermentação

De iogurtes no café da manhã ao kimchi (prato típico coreano) para o jantar, os alimentos fermentados estão na boca de todos, anunciados como aliados da saúde digestiva. Detalhamos o processo para você entender porque esses produtos são bons para o seu
intestino.

A fermentação é um processo natural em que micro-organismos, como bactérias e leveduras, quebram os carboidratos, especialmente os açúcares, produzindo diferentes ácidos, gases ou álcool. No caso de Activia, nossa mistura de cinco cepas transforma o leite fresco em produtos com benefícios funcionais. Veja como:


O leite

Preparamos um tanque de leite pasteurizado — que naturalmente contém proteínas e lactose, o alimento favorito de muitas cepas bacterianas.

Adicionando culturas

Adicionamos duas "culturas iniciadoras" ao leite - Lactobacillus bulgaricus e Streptococcus
thermophilus
- para iniciar o processo de fermentação.


Aumentando o calor

Aquecemos o leite a 37 °C – nesse momento as bactérias começam a se alimentar da lactose do leite, com produção de ácido lático.

A transformação

As bactérias se multiplicam e o ácido lático reduz o pH do leite, que adquire uma textura
cremosa e suave.

Bilhões de benefícios à saúde digestiva

Você consome Activia com bilhões de probióticos naturais – Bifidus - que sobrevivem até o cólon para encontrar as bactérias da microbiota intestinal.

  • URL foi copiada para a área de transferência

2020 Danone Ltda. Todos os direitos reservados.

PT