Chia: benefícios e como consumir no dia a dia

Chia: benefícios e como consumir no dia a dia


Chia possui nutrientes que podem te ajudar a ter mais disposição e saciedade; veja outras vantagens

De uns tempos para cá, só se ouve falar nessa tal de chia. Parece que a semente ganhou o coração dos brasileiros pelo bem danado que faz à saúde. Mas se você pensa que a semente de chia é novidade dos tempos modernos, está muito enganado. A Salvia
Hispanica
, nome científico da semente, é originária do México, terra de civilizações antigas como Maias e Astecas. A verdade é que esses povos já tinham conhecimento dos benefícios da chia para que o organismo funcione bem e a gente tenha muita energia e disposição. Mas, afinal, o que a chia tem de tão bom?


Principais benefícios da chia

A chia é fonte de gorduras poli-insaturadas – como o ômega 3 –, fibras, proteínas, cálcio, fósforo e zinco. A Universidade de Harvard ainda aponta que “a semente de chia é uma proteína completa pois contém todos os nove aminoácidos essenciais que não são produzidos pelo nosso organismo”. A grande quantidade de fibras auxilia no bom funcionamento do sistema digestivo, podendo proporcionar a diminuição da sensação de inchaço. Já o  cálcio, além de importante para os ossos, também ajuda na contração muscular, importante para quem faz atividade física regularmente.

Dá uma olhada na lista de benefícios:

- As fibras insolúveis da chia podem ajudar a melhora da saúde digestiva e a promover a sensação de saciedade

- As fibras também reduzem a velocidade da digestão, fazendo com que a glicose dos alimentos seja liberada lentamente para a corrente sanguínea, evitando a sensação de cansaço e irritação, típicos da hipoglicemia (queda dos níveis de açúcar no sangue)

- As fibras solúveis da chia podem ajudar a reduzir a absorção de gorduras no intestino. Aliadas aos ácidos graxos poli-insaturados, como o ômega 3, podem ajudar a proteger a saúde do coração.

- Fonte de vitaminas e minerais que ajudam no bom funcionamento do organismo

Chia ajuda a emagrecer?

A frase “chia emagrece” está na boca do povo. Mas será que é verdade? As fibras da chia ajudam a aumentar a sensação de saciedade, pois reduzem a velocidade que os alimentos
são digeridos e por isso permanecem mais tempo no estômago, prolongando a  sensação de saciedade ao terminar uma refeição. Uma sementinha tão pequena como a chia se provou extremamente poderosa, não?

Mas é importante ressaltar que nenhum alimento – nem mesmo a chia – é capaz de fazer alguém emagrecer por si só. É preciso aliar a ingestão da chia à uma dieta saudável e à prática de exercícios físicos. Então, já viu, heim? Não vai pensar que a chia, além de
poderosa, também faz milagres.


Como consumir chia no café da manhã

Uma pesquisa publicada na Nutrition Research and Practice afirma: “comer sementes de chia no café da manhã aumenta a saciedade e reduz a ingestão de alimentos a curto prazo”. Ou seja, se o café da manhã já era considerado a refeição mais importante do dia, imagina incluir esse supergrão para dar a energia prolongada que precisa para começar bem a dia?

Se você não faz a menor ideia de como colocar a chia na sua rotina, fica tranquilo. Incluir a chia no cardápio não é nada de outro mundo. Por ter sabor neutro, ela vai bem tanto com doce, quanto com salgado, e pode ser consumida de diversas maneiras. Uma boa pedida é adicionar a chia em sucos, iogurtes e vitaminas, pois ela auxilia na diminuição do índice glicêmico.

Se o que você deseja é praticidade e sabor, por que não combinar as frutas com a chia? A manga, por exemplo, possui nutrientes que ajudam na saúde, fora que é muito saborosa, não é mesmo? Você pode encontrar a combinação de frutas com chia em iogurtes que já vêm preparados.

FONTES:

https://e-nrp.org/DOIx.php?id=10.4162/nrp.2017.11.5.412

https://www.hsph.harvard.edu/nutritionsource/food-features/chia-seeds/

  • URL foi copiada para a área de transferência

2020 Danone Ltda. Todos os direitos reservados.