Conheça 3 motivos para se alimentar bem pela manhã

Não é à toa que o café da manhã é considerado a refeição mais importante do dia. Se alimentar bem logo cedo é fundamental para começar as atividades diárias com disposição e vigor. Também é uma forma de diminuir os riscos de certas doenças e aumentar o desempenho nas atividades físicas. A seguir, elegemos três motivos importantes que mostram por que é importante fazer uma refeição matinal. Confira! 

1. Não se alimentar bem de manhã pode dar ao corpo uma sensação de cansaço 
Enquanto dormimos, gastamos energia para que o corpo siga trabalhando na manutenção de funções básicas, como a respiração e o funcionamento cardíaco. É comum, portanto, que ao acordar, a nossa principal fonte de energia – a glicose – originada do açúcar que ingerimos nos mais diversos alimentos – tenha níveis baixos. E isso pode fazer com que nos sintamos cansados, mesmo após uma boa noite de sono. Lembrando que isso pode variar de acordo com o metabolismo de cada pessoa. Daí a importância de repor as energias logo cedo. Para tanto, nada melhor do que um café da manhã gostoso e saudável que dê força ao organismo. 

2. Fazer jejum pode estar associado com problemas no coração e nas artérias 
Um estudo da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, mostrou que homens que pulavam o café da manhã tinham 27% mais chances de sofrer um ataque cardíaco ou serem vítimas de alguma doença coronariana. Outro estudo, publicado no periódico Journal of American College of Cardiology, que analisou 4.052 pessoas entre 40 e 54 anos, observou que pular o café da manhã está associado a um aumento na probabilidade de aterosclerose generalizada e não coronariana, independentemente da presença de fatores de risco convencionais. A aterosclerose é a presença de placas de gordura na parede das artérias.

3. Tomar café da manhã pode facilitar a digestão e a queima de carboidratos após o treino
Uma pesquisa publicada no periódico American Journal of Physiology mostrou que se alimentar antes do treino favorece a digestão e o metabolismo de carboidratos na próxima refeição. A investigação liderada pela University of Bath, no Reino Unido, mostrou que uma alimentação balanceada antes do exercício pode preparar o corpo para queimar mais carboidratos e digerir de forma mais rápida o que foi consumido.

Referências:
Prospective Study of Breakfast Eating and Incident Coronary Heart Disease in a Cohort of Male US Health Professionals - Harvard School of Public Health – EUA, 2013
https://www.hsph.harvard.edu/news/features/skipping-breakfast-may-increase-coronary-heart-disease-risk/

The Importance of Breakfast in Atherosclerosis Disease - Journal of the American College of Cardiology, 2017.
http://www.onlinejacc.org/content/70/15/1833

Long-term intermittent feeding, but not caloric restriction, leads to redox imbalance, insulin receptor nitration, and glucose intolerance – Instituto de  Química, Universidade de São Paulo (USP), 2011. 
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21816219

Café da manhã: caracterização, consumo e importância para a saúde - Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Núcleo de Pesquisa de Nutrição em Produção de Refeições, 2010.
http://www.scielo.br/pdf/rn/v23n5/a16v23n5.pdf

Preexercise breakfast ingestion versus extended overnight fasting increases postprandial glucose flux after exercise in healthy men - Department for Health, University of Bath, Bath, United Kingdom, 2018.
https://www.physiology.org/doi/full/10.1152/ajpendo.00163.2018

Você também pode gostar